O Que Se Deve Estudar Para Trabalhar Em Inteligência Artificial? 1

O Que Se Deve Estudar Para Trabalhar Em Inteligência Artificial?

�Que eu tenho que estudar pra ser um desenvolvedor de jogos? O desenvolvimento das novas tecnologias e sua onipresença na vida diária está mudando radicalmente a forma como concebemos o nosso lazer, nossas relações sociais e a nossa maneira de trabalhar. Também deu espaço a algumas profissões que, às vezes, não têm ainda um itinerário de estudos determinado, como o desenvolvedor de jogos eletrônicos. Controlador aéreo de drones, motorista de nanorobots, engenheiro de uma fábrica inteligente… A inteligência artificial (IA) começa a revolucionar o mercado de serviço. “E tu, o que vai ser de maior?

“. De acordo com dados do Observatório pro Trabalho pela Era Digital, 80% dos espanhóis entre os vinte e os trinta anos faz, no decorrer de sua carreira, profissões recém-nascidas ou ainda em gestação. A ocorrência atual é menos otimista e até preocupante.

A IA é um cocktail de disciplinas e aplicações. A busca de profissionais é tão inovadora que uma sólida união de conhecimentos STEM, atualizados quase em tempo real, podem ajudar a tornar-se um espaço em que essas recém-nascidas posições. As pessoas com geração em ramos de ciências com interessante base em matemática ou pessoas com geração em engenharias técnicas que têm mais facilidade pra nortear a tua criação. A melhor aposta, hoje por hoje, a dar os países que introduziram a matéria de raciocínio computacional na educação primária e secundária.

  • Dois Atualizações de software
  • Usuário que reporta: pinhal 15:18 12 out 2007 (CEST)
  • 09 de julho de 2008 | 15:27
  • “The Individual as Institution: The Example of Paolo Soleri.” Harper’s, 1972
  • Morrem, os cantores João Gabriel e David Bowie
  • dois Efeitos psicológicos
  • Não espere que a tecnologia de IA altere tua organização, mude a sua organização utilizando a tecnologia de IA

Para Martín Molina assim como é importante romper com alguns estereótipos associados com a informática. Algumas imagens de micro computador -“como por exemplo, como pessoas nerds”, sinaliza – são danosos pra generalizar esta profissão, tendem a nortear mais pra um setor masculino e conseguem impossibilitar a participação de pessoas com extenso talento potencial pra inteligência artificial. As universidades imediatamente começam a ofertar formação específica em IA.

Mas o primeiro é um diploma de grau com uma primordial apoio em matemática e em engenharia como, a título de exemplo, informática, matemática, física ou engenharias afins, como engenharia de telecomunicações ou industrial. Depois, o perfeito é uma especialização em pós-graduação (mestrado ou doutorado) nas áreas de inteligência artificial.

“Tendo como exemplo, há mestrados oficiais de amplo particularidade relacionados com a inteligência artificial (em aprendizagem automática, robótica, etc…) em universidades públicas espanholas”, explica Martin Molina. “Em cada caso, os matemáticos e engenheiros em computação têm uma apoio muito bom pra balançar para campos como o “machine learning” e “deep learning'”, reitera Pedreño.

Na sua opinião, a hibridação com os cientistas de dados pode-se completar a geração mais competitiva. Paralelamente, cursos a distância e os MOOC (Massive Open Online Course) fornecem um incrível treinamento em IA. Após completar um currículo básico, você podes sempre iniciar a especialização em um domínio específico: ‘big data’, robótica, inteligência computacional, entre outros.

A criação ‘on-line’ é muito recomendável e presencialmente começa a haver uma oferta crescente e cada vez mais competitiva. Na avaliação dos especialistas, Udacity, Coursera e Edx, entre novas plataformas, estão oferecendo excelentes cursos com modelo MOOC que cobrem condução automática, introdução à IA, ‘machine learning’ e redes neurais, entre outras técnicas de IA.

Sistemas como TensorFlow, a biblioteca do IA que o Google elevou de código aberto, e o Cognitive Toolkit da Microsoft, situam as plataformas de aprendizagem ao alcance de quase cada um. “Quanto muito rapidamente avancemos numa geração de qualidade em todas as frentes, muito melhor”, incentiva Andrés Pedreño, desde Alicante. “O relevante”, diz, “é poder trabalhar e dominar os especialistas em IA”.

Pro especialista, o primeiro passo precisará ir por uma aproximação conceitual à matéria, o que coopera pra quebrar as barreiras de linguagem. À medida que cresce o interesse do setor financeiro por fazer projetos baseados em ‘blockchain’, também há a procura de profissionais com as habilidades adequadas pra recolher proveito desta tecnologia exponencial. E, assim como este ocorreu em teu momento com os desenvolvedores de software, por neste momento, a demanda supera a oferta. Talvez mais do que em outras disciplinas, a criação contínua é fundamental nesta profissão, cujas técnicas evoluem de uma forma muito rápida. Dado o grau de inovação previsível, será crucial que os futuros trabalhadores conceber uma estratégia de geração muito sólida. “Hoje, o ‘networking’ internacional é estupendo.